Lexmark aplaude os planos da Comissão Europeia e define medidas para reduzir os desperdícios dos cartuchos de toner na Europa

Lisboa, 4 de fevereiro de 2016

Empresa sublinha junto da indústria a necessidade de ajudar a promover a reutilização e reciclagem de cartuchos

A Lexmark sublinha junto da indústria de impressão na Europa a necessidade de apoiar um conjunto de medidas destinadas a reduzir o desperdício e a encorajar a reutilização e a reciclagem. Estas medidas apoiam o recém-adotado Circular Economy Package da Comissão Europeia, um plano de ação que inclui medidas para estimular a transição europeia para uma economia circular.

A Lexmark estima que entre 30.000 e 50.000 toneladas de cartuchos acabam em aterros anualmente como resultado da baixa taxa de recolha junto dos clientes.1

A Lexmark tem feito significativos esforços na contenção de resíduos e encoraja a reutilização e a reciclagem dos seus toners através do Programa de Recolha de Toners da Lexmark (LCCP), uma pioneira iniciativa de reciclagem, e através da disponibilidade dos Toners Corporate, a linha mais sustentável de consumíveis da empresa, que contém mais de 90% de componentes reutilizados.

A Lexmark é membro do programa “Circular Economy 100” da Ellen MacArthur Foundation, uma plataforma global que junta 100 negócios líderes de indústria para responder aos desafios inerentes à transição para o modelo de economia circular. Este facto testemunha o reconhecimento do constante compromisso da empresa para a construção de uma economia regenerativa.

Na sua apresentação “Preparatory Consultation on the Circular Economy” feita à Comissão Europeia, a Lexmark deu a conhecer a necessidade de alterações legislativas e regulamentares para responder a esta questão. Estas mudanças estão alinhadas com o objetivo da Comissão para adotar um crescimento económico sustentável e criar novos empregos.

O documento da Lexmark refere que as medidas são necessárias não apenas para encorajar a recolha, reutilização e reciclagem de toners na Europa, mas ainda para permitir que as empresas que apliquem boas práticas ambientais consigam competir em grau de igualdade com as que não o fazem.

A Lexmark pretende ação da EU que requeira:

  • Todos os fornecedores facultem opções de recolha de toners vendidos no mercado europeu
  • Todos os toners vendidos na Europa até 2020 incluam 50% de componentes refabricados ou que sejam recicláveis
  • Sejam introduzidos critérios ambientais obrigatórios nos requisitos de consultas públicas relacionadas com toners de impressoras
  • Promoção de reutilização e reciclagem de produtos através de etiquetas com o objetivo de garantir a qualidade operacional
  • Que seja considerado ilegal a colocação de toners em aterros ou em sistemas de incineração sem recuperação energética, assegurando incentivos para fornecedores que recolhem e reutilizam os seus produtos.

A Lexmark propôs medidas adicionais para encorajar a reutilização de materiais, depois de verificar em primeira mão os benefícios de uma economia circular através do serviço gratuito e convenientes de recolha de toner, o Programa de Recolha de Toners da Lexmark (LCCP):

  • A taxa de recolha do LCCP é de 35%, quase duas vezes a média da indústria, e nenhum dos toners recebido pela Lexmark é enviado para qualquer aterro ou infraestrutura de incineração
  • A reciclagem de um toner Lexmark utilizado reduz a sua pegada de carbono em mais de 50%
  • Os Toners Corporate Lexmark podem conter até 90% de componentes reutilizados e 92% de todos os toners da Lexmark contêm conteúdo reciclado depois de consumido.
  • A reutilização é um conceito que está no âmago do negócio da Lexmark. Até 2018, a Lexmark quer reutilizar 50% dos toners recolhidos (percentagem em peso) – um valor acima dos 34% que lideram hoje na indústria (estimativa de ciclo de vida da Lexmark).*

Citações de suporte

Da Lexmark:
"O conceito de economia circular é por nós apoiado desde 1991 e a reutilização de cartuchos de impressoras tem estado no centro da estratégia de negócio da empresa desde o primeiro dia. A Comissão Europeia publicou agora as suas novas propostas promovendo a economia circular, e o timing é perfeito para fazer um apelo à indústria gráfica europeia para que esta apoie as medidas de redução de desperdício, encorajando a reutilização e a reciclagem. Pedimos que a indústria promova as boas práticas e as políticas adequadas para aliviar as questões em torno do desperdício e as baixas taxas de recolha e reutilização”– Udo Schlauch, General Manager, EMEA Annuities & Channel, Lexmark.

"Da Zero Waste Europe:
A Zero Waste Europe apoia a iniciativa da Lexmark para preservar a energia e os recursos dos toners de equipamentos laser através da reutilização e da reciclagem. Hoje, os esquemas de responsabilidade dos produtores cobrem apenas 32,5% dos desperdícios sólidos dos municípios2 pelo que há espaço para melhorar a abrangência e definir novos objetivos de reutilização e de reciclagem.

Pedimos à Comissão Europeia que considere a aplicação de uma legislação mais exigente sobre os toners de forma a fechar o círculo de materiais neste setor”. – Joan Marc Simon, Director da ZWE


Recursos de suporte

Sobre a Lexmark

A Lexmark (NYSE:LXK) desenvolve software empresarial, hardware e serviços que eliminam as ineficiências relacionadas com a gestão da informação e a conectividade de processos, ligando as pessoas à informação que realmente precisam, no momento em que precisam.
Descubra novas possibilidades em www.Lexmark.com.

Contacto com os meios


JD Young – YoungNetwork Group
Lúcia Amaral
Tel.: +351 217 506 050
luciaamaral
@youngnetworkgroup.com